Modelos de Negócios Sustentáveis na Distribuição de Combustíveis

Desafio:

Concepção e desenho de modelos de negócio que promovam a melhoria do desempenho socioambiental de postos de combustíveis, sejam aderentes à realidade da empresa e gerem diferenciação competitiva.

Solução Proposta:

A Systemica desenvolveu seis modelos de negócios, abordando desde tecnologias ecoeficientes até a inovação disruptiva do modelo atual, com clareza dos benefícios financeiros gerados para a empresa e suas revendas.

Como funciona:

A Metodologia aplicada pela Systemica para o desenvolvimento dos Modelos de Negócios é embasada pelo conceito MRV (Mensurável, Replícável e Verificável) e composta por 5 etapas. A primeira etapa foi constituída por um Diagnóstico do Setor de Distribuição de Combustíveis, abordando as práticas sustentáveis aplicadas por distribuidoras e revendas, identificando aquelas que poderiam ser replicadas na empresa. A segunda etapa compreendeu uma Consulta aos Stakeholders relevantes ao negócio da empresa – tais como as lideranças da organização, agências reguladoras setoriais, concorrentes, e prestadores de serviços e capturou as percepções das partes interessadas e identificou os pontos mais críticos que deveriam orientar os esforços da empresa. A terceira etapa mapeou e selecionou tecnologias para elevação do desempenho em sustentabilidade do negócio de distribuição de combustíveis e que gerasse valor para as operações da companhia. A quarta etapa envolveu a análise e proposição dos Seis Modelos de Negócio, abrangendo diferentes tecnologias e configurações para os Postos de Combustíveis. Na quinta etapa foi criado um Road Map de desenvolvimento e implantação do Modelo de Negócio selecionado, partindo desde um horizonte de retorno de curto prazo – com a introdução das tecnologias sustentáveis – até a inovação disruptiva do modelo, com a instituição de um Seguro Ambiental, demonstrando os benefícios agregados à organização e sua Rede.

Impactos e Benefícios:
A solução desenvolvida pela Systemica permitiu o desenvolvimento de modelos de negócios alinhados a estratégia organizacional e a expectativa dos stakeholders envolvidos, obedecendo aos norteadores previamente estabelecidos de mensuração e verificação de benefícios, aplicabilidade e escalabilidade para toda a rede e tangibilização de valor para a empresa e partes interessadas, através de modelos de baixo investimento e alto impacto.