Modelo Operativo Sustentável em regiões de alta complexidade socioambiental

Desafio:

O principal desafio foi estruturar um Modelo para Operação Sustentável na Amazônia, a ser utilizado pela empresa em seus Novos Negócios na região.

Solução Proposta:

A Systemica estruturou um Modelo Operativo utilizando o conceito de gestão participativa, que incopora a perspectiva de redução de custos e de potencialização do valor gerado para a empresa e sua região de atuação.

Como funciona:

A primeira etapa da Metodologia aplicada pela Sytemica foi contituída por um Benchmark de melhores práticas de Modelos Operacionais Participativos e de Gestão Compartilhada, com a seleção das potencialidades destacadas em cada iniciativa avaliada. Ao final desta etapa construiu-se o Modelo Conceitual de Operação para atuação na Amazônia, determinando as diretrizes, estrutura de Governança – com atribuição de responsabilidades e dos envolvidos nos seus diferentes níveis -, e o fluxo de reporte e de tomada de decisão do Modelo. Na segunda etapa, foi feito um levantamento de Linhas de Financiamento que poderiam ser associadas tanto a projetos voltados a atender as condicionantes do Licenciamento Ambiental, quanto às expectativas das comunidades locais. Nesta etapa foram destacadas as Linhas potenciais de alavancagem de recursos, identificando as instituições financiadoras, o formato de participação e o montante disponibilizado pelas mesmas. Ao final desta etapa foi gerada uma lista de linhas e instituições prioritárias para a companhia atuar de forma conjunta, possibilitando a redução de custos e a potencialização do valor gerado à região de atuação.

Impactos e Benefícios:

A solução desenvolvida pela Systemica redesenhou o Modelo de Operação da empresa na região Amazônica, identificando parcerias para alavancagem de recursos de forma a reduzir riscos, e potencializar o valor gerado à empresa e região.